Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

PS prolonga mais medidas de austeridade da coligação

  • 333

O presidente do PS, Carlos César, defende que Cavaco Silva tem de "cumprir a regra de ouro da democracia que é indigitar António Costa"

marcos borga

Os socialistas vão manter em vigor a CES e outras medidas que a coligação também quer prorrogar para 2016, como o imposto especial sobre veículos a gasóleo ou as contribuições sobre banca e setor energético. Para além de versões suaves da sobretaxa e do corte dos salários da função pública

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Todas as medidas de austeridade que o Governo queria garantir, desde já, que se vão prolongar para 2016 são igualmente prorrogadas para o próximo ano em iniciativas legislativas do PS na Assembleia da República.

Nuns casos, as propostas dos socialistas, embora prolonguem as medidas, fazem-no em versão mais suave do que propõe a coligação - é assim com a sobretaxa sobre o IRS e com os cortes nos salários da função pública. Noutros casos, a perspetiva de continuação em 2016 decalca as propostas do Governo ou vai mesmo mais longe do que queria o Executivo.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI