Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Rosa Mota e Fernando Gomes vão a jogo

  • 333

EM PALCO Pedro Penim e Rosa Mota durante a metade da peça dedicada à campeã

JOSÉ CALDEIRA

“Ícones do Desporto” é uma ideia original de Paulo Cunha e Silva, a primeira a ser colocada em prática depois da sua morte. Estará em cena no Rivoli a partir deste sábado

Paulo Cunha e Silva gostava de propor e avançar com ideias. Uma das últimas, e a primeira a ter concretização prática após a sua morte, é o espetáculo teatral “Ícones do Desporto”, com estreia marcada para este sábado.

Dos palcos dos estádios para o palco do teatro, as vidas do futebolista Fernando Gomes e da maratonista Rosa Mota surgem como uma forma de cruzar histórias reais com a fábula contida na imagética teatral.

Numa produção do Teatro Municipal do Porto, “Ícones do Desporto” é um espectáculo com duas partes bem distintas. Serão duas peças numa só: “O Nome da Rosa”, com encenação de Pedro Penim, sobre a vida da campeã Rosa Mota; e “Bibota Douro”, com encenação de Miguel Loureiro, sobre o goleador Fernando Gomes.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI