Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

PS, Bloco e PCP. O que podem ganhar e perder com um acordo de Governo?

  • 333

PARLAMENTO. Catarina Martins no debate parlamentar desta segunda-feira

MARCOS BORGA

Este acordo é histórico para PS, Bloco e PCP. É um compromisso que seria inimaginável há poucas semanas e que apresenta imensos riscos para o PS, derrotado nas eleições de 4 de outubro. Mas, mesmo ficando de fora do governo, o Bloco de Esquerda também arrisca muito. E o PCP ainda mais

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

O nosso sistema político não mudou nas últimas semanas, mas está a ser testado nos seus limites. Curiosamente, esses testes sucessivos não decorreram de uma profunda alteração do sistema partidário, como acontece em muitos países europeus, mas com os mesmíssimos partidos.

A primeira alteração quase não se notou porque assentou na coligação pré-eleitoral entre PSD e CDS. Apesar de ser e parecer natural, não acontecia antes de eleições desde 1980. E não era por acaso: o PSD precisava de ganhar espaço e lutar por maiorias e o CDS de marcar o seu espaço vital, mais à direita. Portas governou com Barroso, mas antes foi a votos sozinho; e depois de governar com Santana, continuou o seu caminho separado do PSD.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI