Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Banqueiros “aceitam” governo PS depois de reunião de Costa na APB

  • 333

PM? António Costa será primeiro-ministro se Cavaco aceitar o governo PS com acordo à esquerda, depois da esperada queda de Passos

rui duarte silva

Secretário-geral do PS reuniu-se com a Associação Portuguesa de Bancos depois das eleições. Declarações públicas dos banqueiros feitas entretanto desdramatizaram os efeitos de um governo PS. Costa reunião também com CIP e CCP

António Costa não perdeu tempo e, nove dias depois das eleições legislativas, reuniu-se com o presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Fernando Faria de Oliveira. Em intervenções públicas posteriores, os presidentes executivos do BPI e do BCP desdramatizaram os efeitos de um governo PS. O próximo a falar será o líder do Santander.

A reunião foi avançada hoje pelo Diário Económico, tendo o Expresso confirmado que a reunião entre Costa e Faria de Oliveira decorreu a 13 de outubro. Desta vez, não houve reuniões oficiais diretamente com gestores dos bancos. Mas houve-as também, aliás na mesma altura, com a cúpula da CIP e da CCP, que representam respetivamente os “patrões” e o setor do comércio.

Na conversa na APB, Faria de Oliveira informou António Costa da situação global do sistema financeiro, dos desafios, problemas e incertezas quanto ao futuro da mais diversa natureza.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI