Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

PCP e Bloco propõem rejeição do “Tratado Orçamental”. PS vota diferente

  • 333

ESQUERDA. Comunistas e bloquistas falam com o PS em Lisboa, mas na Europa andam em pistas opostas

JOSÉ CARLOS CARVALHO

Marisa Matias e João Ferreira negam contradições. O que defendem na Europa – dizem - não põe em causa as negociações que decorrem em Portugal com o Partido Socialista

Susana Frexes

em Estrasburgo

Correspondente em Bruxelas

O PCP não tem duas caras”. Quem o diz é João Ferreira. O eurodeputado comunista garante que o partido não defende uma coisa em Portugal e vai para o Parlamento Europeu defender outra.

Para João Ferreira, a posição que o PCP tem sobre o euro e sobre o Tratado Orçamental não mudou. A prova disso é que os eurodeputados do PCP continuam a pedir a rejeição do “Tratado de Estabilidade Orçamental, da Governação Económica e do Pacto para o Euro Mais”. A posição está expressa numa emenda feita à proposta de resolução - que acompanha o orçamento comunitário - que vai ser votada esta quarta-feira, em Estrasburgo.

Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, também subscreve a emenda. Todos rejeitam algo que consideram estar a agravar a atual crise económica.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI