Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Muharram 1437 *

  • 333

CALENDÁRIO. A observação da Lua é determinante para o agendamento das festividades muçulmanas, nomeadamente o início do Ramadão

AKHTAR SOOMRO/REUTERS

* Que é como quem diz, feliz ano novo islâmico. Milhões de muçulmanos assinalam, esta quinta-feira, a chegada de um novo ano

Margarida Mota

Jornalista

Passagem de ano é sinónimo de festa, feriado e... uma mesa farta com a família à volta. É assim em muitas casas portuguesas — e na generalidade do mundo muçulmano, que assinala esta quinta-feira a chegada do ano 1437. “Na Tunísia, temos o hábito de preparar um bom cuscus, que é o nosso prato nacional, com uma carne seca e salgada (o mesmo modo de preparação do bacalhau)”, explica ao Expresso a tunisina Sihem, que vive em Lisboa. “Normalmente, essa carne foi preparada antes, a partir do borrego sacrificado no ‘Id’, a festa que marca o fim da peregrinação a Meca.”

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI