Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Benfica pode usar contrato do SportingLeaks no processo contra Jesus

  • 333

MÁRIO CRUZ/ LUSA

Contrato de Jorge Jesus revelado na Internet tem um dado que interessa ao Benfica no processo contra o seu antigo treinador: a data

O Benfica pode usar o alegado contrato entre o Sporting e Jorge Jesus, que foi revelado esta semana numa fuga informação no site Football Leaks, no processo judicial contra o treinador. Em causa está não o conteúdo do contrato, mas a data de assinatura: 5 de junho.

A veracidade do contrato divulgado não foi confirmada nem desmentida pelo Sporting, mas o próprio Jorge Jesus comentou ontem os termos e valores constantes no documento, credibilizando-o. Aliás, o Sporting já disse que vai recorrer à justiça por por causa da divulgação do documento que, supostamente, seria secreto.

A obtenção do contrato seria provavelmente solicitada pelo juiz que viesse a apreciar o caso, se ele avançasse para os tribunais. Mas, na Luz, a divulgação desta semana já estará a ser usada no processo.

Recorde-se que o Benfica não só não pagou o último salário a Jorge Jesus como avançou para os tribunais, por entender que tem direito à receber a cláusula de rescisão por violação de contrato: “O Benfica quer que o seu ex-treinador que denunciou de forma unilateral o contrato que o vinculava ao clube pague a cláusula indemnizatória correspondente e que estava estipulada no contrato.” Ou seja, “sete milhões e meio” de euros, afirmou João Gabriel, porta-voz do Benfica, em agosto ao Expresso.

A questão jurídica colocada pelo Benfica centra-se na data de contrato de Jesus no Sporting, que supostamente seria datado de 1 de julho, dia em que o treinador iniciou funções em Alvalade. Contudo, o anúncio da contratação pelo presidente do Sporting tenha sido feito a 5 de junho. Tendo sido feito nessa altura, considera o Benfica, o treinador estava vinculado ao clube encarnado, pelo que haveria violação: o contrato de Jesus só expirava a 30 de junho. A data do contrato agora revelado no Football Leaks é 5 de junho de 2015.

Tanto o Sporting como Jorge Jesus recusam qualquer problema na contratação de Jesus, repudiando acusações que então consideraram como pretendendo ser apenas desestabilizadoras da equipa de futebol.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA DO EXPRESSO DIÁRIO