Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Quem fugir de um acidente tem de pagar todos os danos do próprio bolso

  • 333

EXCEÇÃO. O seguro contra terceiros paga as despesas dos danos causados num acidente automóvel. Mas se o condutor fugir, não

DENIS BALIBOUSE / REUTERS

Supremo Tribunal de Justiça decidiu a favor de uma seguradora que reclamava ser ressarcida de 98 mil euros por um condutor que atropelou uma mulher e fugiu. Decisão vale para todos os casos futuros

A partir de agora, é este o princípio que passa a prevalecer: se um condutor provocar um acidente que provoque feridos, mortos ou danos materiais, a seguradora responsável pelo seguro obrigatório contra terceiros do carro tem direito a ser ressarcida pelo proprietário de todas as despesas envolvidas, incluindo indemnizações reclamadas por eventuais vítimas. Um acórdão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) publicado esta sexta-feira estabelece a regra para todos os futuros casos semelhantes.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI