Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Congressistas americanos insistem em Centro de Informações na base das Lajes

  • 333

tiago miranda

O presidente do Comité de Intelligence do Congresso escreve carta na qual explica que as Lajes são a opção mais barata e funcional e acusa Pentágono de fornecer informações erradas

Luísa Meireles

Luísa Meireles

Redatora Principal

Devin Nunes, o presidente de origem açoriana do Comité dos Serviços de Informação da Câmara dos Representantes, voltou à carga tendo em vista a instalação na base das Lajes, na Terceira, do Centro Conjunto de Análises de Informações (JIAC, no seu acrónimo em inglês) que, no seu entender, pouparia 1,1 mil milhões de dólares (975,5 milhões de euros) aos Estados Unidos. Numa carta aos seus pares, os presidentes dos Comités das Forças Armadas do Senado (John McCain) e da Câmara dos Representantes (Mac Thornberry), adverte-os que, num momento em que está a ser finalizada a lei anual que autoriza os gastos na Defesa, o Departamento de Estado está a fornecer informações erradas e enganosas sobre os custos da instalação do referido centro de espiões.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI