Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Os computadores não salvam a Educação

  • 333

HIGH-TECH. Os elevados recursos investidos em tecnologias de informação e comunicação dentro das salas de aula nem sempre trazem resultados positivos para o ensino. É preciso saber usá-los de forma eficaz, alerta a OCDE

ENRIQUE CASTRO-MENDIVIL/REUTERs

Portugal é um dos países onde o acesso a computadores na escola é mais fácil. Mas um estudo da OCDE concluiu que não há uma relação positiva entre o uso das tecnologias e melhores desempenhos dos alunos, pelo menos nos famosos testes internacionais do PISA. Vários países asiáticos comprovam-no

Foram 31 os países e economias analisados pela OCDE e a conclusão pode ser surpreendente: “Em nenhum dos casos onde a maioria dos alunos usa a Internet na escola de forma frequente se registou uma melhoria do desempenho”. Pelo menos olhando para os testes internacionais do PISA, que medem a literacia em leitura, matemática e científica e são realizados de três em três anos por meio milhão de estudantes de 15 anos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI