Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Nove consequências da nova venda do Novo Banco (incluindo para os contribuintes)

  • 333

pAULO ALEXANDRINO

Novo Banco só será vendido em 2016. Não receberá mais financiamento do Estado. Processo começa de novo

O Banco de Portugal adiou a venda do Novo Banco, confirmando os riscos noticiados ao longo das últimas semanas. Processo começa outra vez. Mas desta vez é diferente.

1. Venda só em 2016

O Banco de Portugal (BdP) colocou hoje um ponto final no processo de venda do Novo Banco. Será aberto um novo concurso, mas não antes do final de novembro. Só depois de conhecidas as reais necessidades de capital do antigo BES é que o supervisor irá colocar de novo o banco à venda. Objetivo: tornar o banco mais atrativo. A ideia agora é avançar com um plano de reestruturação que, além do plano de reforço de capital, inclui um plano estratégico de venda de ativos e outro de reforço de capital.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI