Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Amanhã há novo líder trabalhista. E o futuro político do partido pode mudar

  • 333

SLOGANS. “Eu votei num novo tipo de política” serve que nem luva à proposta de Jeremy Corbyn

Um socialista da linha dura poderá sagrar-se este sábado o novo líder dos trabalhistas. Jeremy Corbyn chegou para agitar as águas da política britânica e a escolha, esta sexta-feira, de Sadiq Kahn para candidato trabalhista à câmara de Londres deixa Corbyn confiante na coesão do partido

Cristina Peres

Cristina Peres

Jornalista de Internacional

Desde esta quinta-feira que os dados estão lançados. Porém, os resultados da votação para a nova liderança dos trabalhistas britânicos só será conhecida às 11h30 deste sábado. O Partido Trabalhista, a maior força de oposição no Reino Unido, que sofreu uma derrota assinalável nas mais recentes eleições, de 7 de maio, viu surgir um candidato improvável à sua liderança. Vinha de longe e parecia não ter perfil adequado. Como parecia que o seu discurso anti-austeridade e antiguerra não teria a capacidade que veio a ter de galvanizar apoiantes em busca de uma alternativa aos conservadores de centro-direita.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI