Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Julgamento das Secretas arranca com discussão sobre o segredo de Estado

  • 333

ACUSADO. Silva Carvalho acredita que só pode defender-se se não estiver sujeito ao segredo de Estado

d.r.

Juíza do processo terá de decidir se pede ou não ao primeiro ministro o levantamento de segredo de Estado para os espiões suspeitos de abuso de poder

Rui Gustavo

Rui Gustavo

Editor de Sociedade

Vou para este julgamento como quando era estagiário. Não sei o que vai acontecer, não há jurisprudência e não há nada que nos diga como se vão passar as coisas.” O desabafo é de João Medeiros, advogado do principal arguido do processo das secretas e um homem habituado aos grandes casos judiciais. Mas nenhum como este. Primeiro, porque pela primeira vez um alto dirigente dos serviços de informação — Jorge Silva Carvalho, ex-diretor-geral do SIED e uma carreira de 20 anos como espião — vai a julgamento acusado de crimes graves como violação de segredo de Estado e corrupção; e depois, porque a juíza Rosa Brandão terá de decidir se pede ao primeiro-ministro que dispense Jorge Silva Carvalho da vinculação ao segredo de Estado de modo a que este possa defender-se melhor das acusações.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI