Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Cursos de jornalismo são os mais procurados

  • 333

PROCURA. A ideia de notoriedade mediática é um dos motivos que levam os jovens a escolher os cursos de comunicação social

ana baião

Apesar do elevado desemprego, o número de alunos que colocou cursos de comunicação social em 1ª opção quase duplicou o de vagas

Não é fácil iniciar uma carreira no jornalismo. Mas a falta de oportunidades de emprego, os baixos salários e a precariedade que abundam no sector não parecem demover os candidatos ao ensino superior. Os cursos na área da Informação e Jornalismo foram mesmo os mais disputados na 1ª fase do concurso nacional de acesso deste ano. De acordo com os resultados divulgados este fim de semana, 1474 jovens colocaram estas licenciaturas em 1ª opção, sendo que universidades e politécnicos públicos só abriram 876 vagas. Ou seja, a procura quase duplicou a oferta. A disparidade faz subir as médias exigidas para entrar nestes cursos e em várias instituições foram precisas notas acima dos 15 e dos 16 valores para garantir a entrada.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI

  • Número aumentou 11% em relação ao concurso de acesso de 2014. Há cincos anos que não entravam tantos jovens nas universidades e politécnicos públicos. E ainda há quase nove mil lugares vagos. Meia centena de licenciaturas ficaram vazias