Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Estudo da União Europeia prevê mais de 6 mil refugiados em Portugal

  • 333

À ESPERA. Um grupo de migrantes na estação de comboio de Bicske, na Hungria, durante a distribuição de comida

HERBERT P. OCZERET/epa

As contas, reveladas pelo “Financial Times”, são feitas à luz da nova distribuição proposta pelo comissário europeu. Governo português garante que o país receberá “mais de 1500 pessoas”

O mês de julho parece ter sido há uma eternidade. Nessa altura, a Europa mostrava-se disponível para receber 40 mil refugiados que entraram através da Itália e da Grécia. Dois meses depois o fluxo humanitário ganhou novos contornos, com milhares de pessoas a serem travadas na Hungria e outras a morrerem pelo caminho. A Comissão Europeia prepara-se agora para avançar com uma proposta para redistribuir mais 120 mil refugiados, a somar aos 40 mil. São pessoas que entraram não só por Itália e Grécia, mas também através da Hungria.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI