Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Metro do Porto e STCP. Haverá interessados? Contestação, inquéritos e ações é que não faltam

  • 333

AJUSTE DIRETO. Um ano depois da primeira tentativa fracassada, o governo volta à carga. Mas, estarão os operadores privados pelos ajustes?

rui duarte silva

Termina hoje o prazo para entrega propostas. Transdev e Barraqueiro são apontados como possíveis candidatos. National Express não estará interessada

Na Metro do Porto e STCP (Sociedade de Transportes Coletivos do Porto) a angústia é idêntica à do guarda-redes no momento do penalty. Esgota-se hoje (17 horas) o prazo de 12 dias para os operadores interessados se apresentarem ao ajuste direto e não se sabe se haverá interessados. Se o primeiro concurso, lançado há um ano acabou deserto, o que sugere que nesta segunda tentativa os operadores estejam pelos ajustes? Pedidos de esclarecimento (mais de 20) não faltaram, mas foram de despacho imediato, sem levaram á paragem do relógio que contava o prazo do concurso. No mercado admite-se que Transdev (que já explorou o metro), Barraqueiro (atual concessionária) e National Express (dona da espanhola Alsa) estejam agora mais tentados a apresentar propostas, por esta ser a última oportunidade de expansão do negócio.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI