Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Português que lutava contra o Estado Islâmico regressou à Europa

  • 333

PROTAGONISTA. O canal britânico Channel 4 vai revelar as razões que levaram Mário Nunes, de 21 anos, a juntar-se à luta anti-Jihad

d.r.

Mário Nunes combatia pelos curdos desde fevereiro. Há poucos dias viajou para a Europa, “por falta de dinheiro”, e poderá até voltar para Portugal. Vai ser um dos protagonistas num documentário do Channel 4

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Seis meses foi o tempo que Mário Nunes, de 21 anos, esteve a combater pelas Unidades de Protecção Popular (YPG) curdas. Militar, tinha desertado em fevereiro, abandonando a base aérea n.º 11, em Beja, para viajar, incógnito, até ao norte da Síria. Juntou-se então às milícias peshmergas que lutam contra o autodenominado Estado Islâmico (Daesh). Há poucos dias decidiu sair daquele grupo armado. Uma informação confirmada por várias fontes portuguesas da área militar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI