Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Theatro Circo de Braga acusado de “maquilhagem contabilística”

Theatro Circo, em Braga, completou em abril 100 anos de vida

Rui Duarte Silva

Tribunal de Contas recusa dar o seu visto ao contrato-programa entre a autarquia e a empresa municipal que gere o centenário Theatro Circo. A empresa bracarense garante ter as contas equilibradas

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

Maquilhagem contabilística, inação e violação da lei. O Tribunal de Contas (TdC) tece fortes críticas ao município de Braga e à empresa municipal que gere o Theatro Circo, num acórdão em que recusa dar o seu visto ao contrato que a autarquia assinou em novembro de 2014 com o teatro no valor de 660 mil euros.

Para continuar a ler este artigo, clique AQUI