Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A origem da cegueira

  • 333

REVOLTA Maria Antónia Martins gastou a fraca indemnização em tratamentos e medicamentos. Vive da pobre reforma do marido

FOTO TIAGO MIRANDA

Seis anos depois do caso dos "cegos de Santa Maria", só restam quatro das seis vítimas de cegueira total e parcial sujeitas a intervenção cirúrgica neste hospital. Dois dos doentes mais idosos faleceram entretanto. Os que vivem tiveram de aprender uma outra vida. Na escuridão. A digerir lentamente a revolta

Luís Pedro Cabral

Maria Antónia Martins está cega do olho direito. No esquerdo, só tem esquissos de coisas e de gente. Sombras. “Estes seis anos têm sido de sombras.”

Todos os meses, tem de regressar ao Hospital de Santa Maria. “De cada vez que lá chego tenho uma sensação muito estranha. Por um lado, gosto muito do meu médico. Por outro lado, mal me aproximo do hospital começo logo a tremer e a pensar no que me aconteceu. Sinto uma espécie de pânico, que não consigo controlar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI