Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Dívida grega: renegociar ou não renegociar, eis a questão

  • 333

SUSTENTABILIDADE. As opiniões relativamente à dívida grega dividem-se, mas o assunto já está definitivamente a ser discutido

TONY GENTILE/reuters

Surgem cada vez mais sinais de que alguns parceiros europeus estão dispostos a discutir a sustentabilidade da dívida grega − mas discutir não significa necessariamente aliviar. Um corte nominal (haircut) está fora de questão, segundo Angela Merkel, mas sobram outros instrumentos. Só que o eleitorado alemão não é o único a torcer o nariz à ideia

O presidente do Conselho Europeu deu o pontapé de saída esta quinta-feira. Donald Tusk, que tem adotado um tom conciliatório nos últimos dias, falava sobre as propostas que Atenas se propõe a cumprir em troca de um terceiro programa de apoio no valor de 52 mil milhões de euros quando disse que, no caso de Atenas enviar propostas “realistas” (que deverão chegar até à meia-noite), os credores terão de reagir na mesma moeda: concretamente, através de uma “proposta igualmente realista relativamente à sustentabilidade da dívida”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI