Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Um colega disse-me: o Varoufakis é o vosso kamikaze”

  • 333

LISBOA. Nikos Brouzos vive há oito anos e meio em Portugal

Nikos Brouzos diz-se “emigrante por amor” e garante que está a viver a crise em estereofonia, cá e lá. Teria votado “não” mas compreende que o ponto de vista de quem está na Grécia é diferente. Mesmo assim, “o referendo foi apenas um momento de cabeça erguida”. Afinal, “estamos entre a miséria importada e a miséria soberana”

Nikos conheceu a mulher, portuguesa, quando estudava em Londres, onde se doutorava em Engenharia Mecânica. “Sou emigrante por amor”, diz, a sorrir. Vive em Portugal há oito anos e meio, mas todos os dias fala para Atenas. Com a mãe e com os amigos. Sente-se um interlocutor privilegiado entre as duas crises, a portuguesa e a grega. Já falou várias vezes às rádios gregas EPT e Real FM, sobre a crise portuguesa; ao Expresso, fala da crise grega. “O futuro miserável está à vista”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI