Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“A ansiedade é enorme. Não sei até quando o nosso coração vai aguentar”

  • 333

As imagens de idosos desesperados em longas filas para receberem o dinheiro são agora o símbolo da miséria e do sofrimento que assolam a Grécia

Reuters

Um homem morreu na quarta-feira à tarde no centro da Grécia enquanto esperava para levantar dinheiro. As filas para o multibanco estão a aumentar, ao ritmo a que cresce a angústia no país. Em algumas caixas, as notas de 10 e de 20 euros já acabaram

Quarta-feira à tarde, na pequena cidade de Larissa, no centro da Grécia, a fila para o multibanco prolongava-se por vários metros. Ao sol, sob um calor sufocante, um homem de 59 anos aguardava há largos minutos para levantar os 60 euros a que, no máximo, cada pessoa tem direito por dia. Nunca chegou a sua vez. Antes de conseguir o seu punhado de notas, sentiu-se mal e caiu, inanimado, no chão. Não voltou a acordar. As pessoas que, com ele, esperavam na fila chamaram a ambulância, mas já nada havia a fazer. Morreu antes de dar entrada no hospital.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI