Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Quando a incerteza manda abastecer a casa

  • 333

reuters

Com medo que a comida falte, os gregos enchem despensas e congeladores. Carne e peixe desaparecem do mercado e já há supermercados com prateleiras vazias

Há muito que não se via tanto movimento no mercado central de Atenas. Às primeiras horas da manhã, os clientes acotovelam-se para conseguir passar entre as bancas de peixe, carcaças de borrego e alguidares a transbordar de tâmaras e frutos secos. “Quero um quilo de carne picada. Afinal é melhor dois. Não, ponha antes três”. E a seguir outros tantos de costeletas, mais um saco de petingas na banca do lado e alguns frangos para o congelador. Não se sabe o que aí vem, o tempo é de incerteza e na Grécia a prudência manda abastecer a casa. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI