Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Profissão: bailarina. Nome: perseverança. Missão: fazer história

  • 333

HISTÓRIA. O corpo errado e a cor errada. Misty Copeland venceu no mundo do ballet, mesmo com curvas e cor a mais

AMANDA EDWARDS/GETTY

Misty Copeland começou a dançar muito tarde, numa quadra de basquete. Tinha o corpo errado e, pior, era negra. Foi capa da “Time” e assinou com seu nome as páginas da dança norte-americana. De pato feio transformou-se num cisne branco

Foram precisos 14 anos, mas, de repente, foi tudo muito rápido. Seis dias após ter subido ao palco do Metropolitan Opera House (MET), vestida de cisne branco, o mundo  recebeu a notícia há muito aguardada: Misty Copeland foi promovida a bailarina principal do American Ballet Theatre (ABT), uma das mais conceituadas companhias de dança clássica do mundo. Caíra por terra mais uma barreira no rarefeito mundo das sapatilhas de ponta.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI