Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Este referendo ainda tem pernas para andar?

  • 333

ANÚNCIOS. O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, voltou a fazer um anúncio ao país esta quarta-feira, defendendo um voto no 'não' no referendo

ALEXANDROS VLACHOS/ epa

Depois de Alexis Tsipras ter feito uma nova proposta, na qual parece ceder à maioria das contrapropostas dos credores oficiais, o primeiro-ministro grego continua a preferir ver um 'não' a sair das urnas. É cada vez menos claro qual é verdadeiramente a proposta que os gregos vão votar no domingo

Quatro dias para o referendo. Quatro dias e, no entanto, as propostas continuam a voar de Atenas para Bruxelas, num esforço do Governo grego para tentar mostrar que as negociações continuam de pé, muito embora a extensão do segundo resgate tenha sido rejeitada pelo Eurogrupo. Atenas enviou uma nova carta aos líderes das instituições, onde se dispõe a aceitar o pacote apresentado pelos credores oficiais no dia 28 de junho, caso estes aceitem algumas alterações. Mas, algumas horas depois, afirma manter-se firmemente a favor do 'não' no referendo. E acrescenta: “O mandato popular é mais forte do que a vontade de um Governo.” 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI