Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Associação de bares diz que nova lei do álcool “vai estimular o botelhão e as festas privadas”

  • 333

DIA ZERO. Nem cerveja nem vinho. Para quem tem mais de 16 mas menos de 18 anos, deixa de ser possível sair à noite para beber um copo. Pelo menos, legalmente

Nuno Botelho

A partir de hoje, passa a ser proibida a venda de qualquer tipo de bebida alcoólica a menores de 18 anos. O presidente da Associação de Bares da Zona Histórica do Porto acredita que “os miúdos vão voltar às festas de garagem de antigamente” e que “o fenómeno de irem para as portas dos bares com garrafas compradas nas loja será cada vez maior”

Depois de terem deixado de poder comprar e consumir bebidas brancas, como gin ou vodka, os adolescentes entre os 16 e os 18 anos enfrentam a partir desta quarta-feira uma nova etapa. Todos os estabelecimentos, incluindo lojas, bares e discotecas, passam a estar proibidos de vender ou disponibilizar qualquer tipo de bebida alcoólica a menores de idade. Incluindo cerveja e vinho, que se mantinham como as únicas exceções até agora.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI