Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Taxa moderadora do aborto pode chegar aos 63 euros

  • 333

PROMESSA. A Presidente da Assembleia, Assunção Esteves, tinha prometido levar a iniciativa a votos ainda nesta sessão legislativa

TIAGO MIRANDA

PSD e CDS entregam esta sexta-feira iniciativa legislativa para que interrupção da gravidez a pedido da mulher passe a pagar taxa moderadora. Mas quem é isento continua isento

Filipe Santos Costa

Filipe Santos Costa

Jornalista da secção Política

Ao fim de dois anos de hesitação, PSD e CDS decidiram avançar com uma iniciativa legislativa para que a prática de aborto a pedido da mulher passe a pagar taxas moderadoras.

Segundo o Expresso apurou, os cálculos técnicos que estão na base da proposta da coligação apontam para um pagamento que, no máximo, poderá chegar aos 63 euros.

O valor inclui não só a cirurgia, mas também as consultas e todos os atos médicos prévios à interrupção voluntária da gravidez (IVG).


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI