Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

MP sabia desde 2011 que mulher prendia os filhos a cadeado. Mas não achou que fosse crime

  • 333

SEQUESTRO.A casa onde Maria Varela mantinha o filho, de 38 anos, preso

Processo aberto há quatro anos, após indicação da Segurança Social, desvendou situação mas foi arquivado. PGR instaurou agora inquérito disciplinar à procuradora do DIAP de Cascais que assinou o despacho

Nuno Botelho

Nuno Botelho

Fotojornalista

Maria Varela está detida preventivamente no Estabelecimento Prisional de Tires. O juiz de instrução criminal que a ouviu quinta-feira no Tribunal de Cascais determinou-lhe a medida de coação mais pesada. A mulher, de 62 anos, nacionalidade cabo-verdiana, está indiciada por crimes de sequestro agravado, violência doméstica e maus tratos. Na terça-feira, a GNR de Alcabideche descobriu que mantinha o filho, António, de 38 anos, com perturbações mentais, preso num quarto sem luz nem higiene. António viveria assim há oito. Poderiam ter sido metade.

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI