Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Loretta, a procuradora sem medo da FIFA. “Ninguém é grande de mais para a cadeia”

  • 333

PIONEIRA. Loretta Lynch é a primeira mulher negra a ocupar o cargo de Procuradora-geral dos Estados Unidos

Justin Lane/Epa

A mulher que esta semana esvaziou a bola da FIFA levou para Washington a força dos negros na apanha do algodão. A sua promessa ao tomar posse no mais alto cargo da justiça americana? Ser apenas Loretta Lynch. Não precisava de prometer mais nada.

Uma criança que aprendeu a não vergar, uma mulher forjada a negro. Uma jurista de olhos focados no prémio. Esperou meses para ser confirmada no mais alto cargo da Justiça norte-americana. Não se irritou, não perdeu a compostura. E, esta semana, quando fez tremer o mundo do futebol, ao abrir o maior escândalo no mundo do desporto, estava igual a ela mesma. Serena. “Ninguém é grande de mais para a cadeia. Ninguém está acima da lei”, afirmou Loretta Lynch quando tomou posse como Procuradora-geral dos Estados Unidos, no mês passado. Exatamente um mês depois, a primeira mulher negra a ocupar o cargo indiciou alguns dos mais destacados dirigentes do mundo do futebol.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI