Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O Sepp sempre em pé

  • 333

ARTISTA. Blatter tem sempre alguma escondida na mão.

MICHAEL BUHOLZER/GETTY

Sete altos executivos da FIFA foram detidos numa história que se junta a tantas outras sobre a corrupção na organização presidida por Blatter que está no poder desde 1998. Como? Com dinheiro.

No dia em que nenhum de nós cá andar, três espécies continuarão a vida delas como se nada fosse: o rato, a barata e a cabra. São sobreviventes. Sepp Blatter pertence à terceira categoria: "Eu sou como um bode das montanhas. Sou imparável. Sigo, sigo e sigo", disse há dias. O presidente da FIFA tem formas estranhas de falar sobre ele e nem sempre encontra as melhores metáforas para o fazer. Já garantiu, por exemplo, que não é aquele tipo maquiavélico e vilão dos filmes que se senta num gabinete a cofiar "um gato persa extremamente caro".  Devemos confiar em Sepp, porque de coisas caras e extremamente caras ele percebe - são estas que lhe permitem andar por cima, à superfície, quando tudo por baixo parece apodrecer a seus pés. 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI