Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Jiadistas tomam Ramadi e Palmira. Uma guerra de avanços e recuos, sem fim à vista

  • 333

MAIS COMBATES. Forças sírias lançando foguetes sobre o Daesh durante os combates pelo controlo de Palmira.

Epa

Quando falta pouco mais de um mês para assinalar um ano da autoproclamação do “califado”, o Estado Islâmico (Daesh) reage aos últimos reveses e numa semana conquista duas cidades importantes - Ramadi, no Iraque, e Palmira, na Síria. Afinal, quem domina este conflito: a coligação ocidental ou o grupo de jiadistas? 

Cátia Bruno

Cátia Bruno

Jornalista

Não há dúvidas de que o Estado Islâmico (Daesh) tem sofrido duros golpes nos últimos tempos, a fazer fé nas informações veiculadas pelos responsáveis norte-americanos que lideram a coligação internacional que combate os jiadistas. Segundo o que tem sido anunciado, o grupo tem perdido várias figuras de comando, as receitas do petróleo têm caído e, em termos de guerra no terreno, tanto os curdos como as forças iraquianas têm reconquistado território ao grupo. 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI