Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

PS recua na sobretaxa

  • 333

Nuno Botelho

Afinal, os socialistas não se comprometem com prazos para acabar com a sobretaxa no IRS. E também já não é líquido que baixem a TSU para as empresas. As grandes obras públicas terão de ser aprovadas por 2/3 dos deputados e as alterações nos impostos só poderão acontecer uma vez por legislatura. São as 'últimas' do programa eleitoral do PS.

Cristina Figueiredo

Cristina Figueiredo

Jornalista da secção Política

Nuno Botelho

Nuno Botelho

Fotojornalista

O projeto de programa eleitoral do PS é mais recuado que o cenário macroeconómico apresentado há um mês pelo grupo de economistas liderado por Mário Centeno. Se este prometia acabar com a sobretaxa de 3,5% no IRS em dois anos, agora os socialistas já só admitem a "eliminação gradual" da dita. Não há qualquer referência a como nem em quanto tempo será feita a eliminação. 

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI