Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O B.B. King de Rui Veloso

  • 333

DR

Na calha pode estar já um disco de blues em homenagem ao rei. O desafio partiu de Carlos Barretto e o desafiado foi Rui Veloso, o músico português que tocou seis vezes com B.B. King e que nos conta as memórias desses encontros com o “mestre”

Acordou de manhã com a notícia. B.B. King, um dos seus grandes ídolos, tinha morrido. O telefone tocou enquanto, pela sua memória, desfilavam episódios atrás de episódios que passara junto ao rei dos blues. Do outro lado da linha estava o músico de jazz Carlos Barretto. “O meu grande amigo e grande músico desafiava-me para gravar um disco de blues”, conta-nos. Não disse que sim nem que não, mas a homenagem parece-lhe bem e gravar blues agora, depois da morte do mestre, já lhe faz sentido. “Fico contente”, acentua Rui Veloso. 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(O Expresso Diário é de acesso gratuito até esta sexta-feira) 

  • Morreu o rei dos blues

    B.B. King morreu esta quinta-feira. Tinha 89 anos e era o maior músico de blues que a América e o mundo mais veneravam. Sofria de diabetes e estava hospitalizado em estado grave.