Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A menina que sonha poder voltar a passar a mão pelo cabelo

  • 333

Laís Souza era uma das mais celebradas ginastas brasileiras e a primeira a qualificar-se para os Jogos Olímpicos de Inverno na modalidade de esqui aéreo. Mas a montanha virou-se contra ela.

Matthew Stckman/Getty

Ter chegado ao topo da montanha pode ser a metáfora da vida de Laís Souza. Ela esteve lá, viu o mundo a partir desse distante miradouro, viu quanto o mundo pode ser majestoso, estranho e traiçoeiro. Chegou como ginasta que desde os 5 anos se preparava metodicamente para o ser, quando se tornou na melhor do seu país, o Brasil, selecionada para participar por duas vezes nos Jogos Olímpicos. E chegou literalmente quando, aos 25 anos, à procura de novos caminhos, mudou de modalidade para o esqui aéreo e as montanhas se converteram no cenário de saltos cada vez mais altos e arriscados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(O Expresso Diário é de acesso gratuito até esta sexta-feira)