Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Estas empresas não querem estar na Bolsa

  • 333

D.R.

Estão entre as maiores do mundo. Mas não querem ter nada a ver com a Bolsa. Umas já estiveram cotadas, como a Dell, mas saíram. São detidas por privados. Ter planos a longo prazo e independência são alguns dos motivos para não estar cotada.

São grandes. E não estão cotadas. De setores variados, estão entre as empresas no mundo que preferem ficar for a da Bolsa. Umas nunca lá puseram os pés. Outras já estiveram cotadas, inclusivé no Nasdaq, mas estão hoje nas mãos de privados.  Num mundo financeiro que privilegia a rentabilidade no curto prazo, estas empresas procuram planear para mais anos. Sem a pressão dos acionistas, dos analistas e dos especuladores. O mundo da Bolsa pressiona no sentido de haver uma visão de curto prazo, com divulgação de resultados trimestrais e pagamento de dividendos constantes.

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI