Siga-nos

Perfil

Expresso

Dossiês

Passos e Costa: descubra as diferenças dos discursos de Natal

PODER E OPOSIÇÃO António Costa esteve mais virado para as dificuldades internas, enquanto Passos Coelho preferiu frisar as ameaças externas

FOTOMONTAGEM TIAGO PEREIRA SANTOS

O Natal de António Costa e Pedro Passos Coelho: descubra as diferenças numa quadra que é sempre pintada a vermelho e verde

Helena Pereira

Helena Pereira

Editora de Política

No Natal, há sempre risco de excessos, gastronómicos, pelo menos, e por isso é bom dosear. Esta foi a regra também seguida na política, nas tradicionais mensagens de Natal. António Costa e Pedro Passos Coelho tentaram conter-se quer no discurso otimista quer no tremendista, embora tenha ficado clara a esperança na retoma da economia e a preocupação com a incerteza no futuro imediato. Quem disse o quê? E quais as diferenças substanciais?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)