Siga-nos

Perfil

Expresso

Dossiês

“Estou com um stress. Aparece no spot às oito. Não te atrases, por favor”

  • 333

Feira de Magos, o último local em que Filipe, a vítima, foi visto

FOTO António Pedro Ferreira

Melhor amiga do suspeito de homicídio em Salvaterra de Magos revela as circunstâncias que antecederam a morte de Filipe, que tinha 14 anos. Daniel, de 17, confessou o crime à PJ.

A vítima, de 14 anos, e o suspeito de homicídio, de 17, conheceram-se na última sexta-feira, dia 8, apenas 72 horas antes de Filipe Costa ser morto com uma barra de ferro no interior de um prédio no centro de Salvaterra de Magos. Essa é, pelo menos, a versão contada ao Expresso por uma testemunha. “Filipe veio ter com o Daniel para lhe pedir droga e o Daniel arranjou-lhe”, conta a melhor amiga do adolescente que foi detido esta quinta-feira à noite pela Polícia Judiciária e que já confessou a autoria do crime. 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI   
(O Expresso Diário é de acesso gratuito até esta sexta-feira)