Siga-nos

Perfil

Expresso

Direito de resposta

Direito de Retificação

No dia 21 de fevereiro do corrente ano, o jornal Expresso publicou um artigo de opinião de Marco Capitão Ferreira, “Malditas Elites”, artigo que visava a Portugal Ventures e a ausência de informação obrigatória sobre as suas contas no site da empresa.

Marco Capitão Ferreira afirma que “A Portugal Ventures, diga-se de passagem, gosta pouco de se assumir como empresa pública. O seu site não o refere e, ao contrário do que a lei prevê, não tem ali publicadas as suas contas. Transparência? Isso é para os outros.”

Ao jornal Expresso, foi enviado, no mesmo dia, um pedido de correção do artigo, indicando o link direto para a página no site onde estão publicados os Relatório&Contas da empresa desde 2012, assim como outros documentos obrigatórios por lei: https://www.portugalventures.pt/about-us .

No perfil do Expresso no Facebook, no post sobre a publicação do artigo “Malditas Elites”, a Portugal Ventures pediu ao autor que fosse corrigido o artigo, indicando também o link para a página onde a divulgação pública das contas se encontra plasmada.

A Portugal Ventures, em direito de resposta, esclarece que integra o Sector Público Empresarial do Estado, desenvolvendo a sua atividade nas mesmas condições e termos aplicáveis a qualquer empresa privada, estando sujeita às regras gerais da concorrência, nacionais e de direito da União Europeia e que, tal como as restantes sociedades comerciais, tem como finalidade o lucro, financiando todas as suas atividades apenas com recursos próprios e receitas provenientes das comissões de gestão dos fundos de capital de risco que gere, não recebendo qualquer transferência do Orçamento do Estado. Para mais informações sobre a Portugal Ventures, nomeadamente sobre os Relatório&Contas: https://www.portugalventures.pt/about-us .