24 de abril de 2014 às 4:13
Página Inicial  ⁄  Atualidade / Arquivo   ⁄  Diogo Vasconcelos: funeral será sábado no Porto

Diogo Vasconcelos: funeral será sábado no Porto

Corpo do senior director da Cisco Systems, Diogo Vasconcelos, falecido em Londres, chega a Portugal sexta-feira e será velado no Porto, a partir das 18h desse dia, na Sala dos Retratos da Igreja da LapaFuneral será sábado.
Maria Luiza Rolim (www.expresso.pt)
Diogo Vasconcelos (1968-2011) António Pedro Ferreira Diogo Vasconcelos (1968-2011)

Chega sexta-feira ao Porto o corpo de Diogo Vasconcelos, um dos vice-presidentes do PSD no tempo de Durão Barroso, falecido aos 43 anos na passada sexta-feira em Londres, onde era senior director da Cisco Systems.

O velório do antigo presidente da JSD e ex-porta-voz do PSD terá lugar na Sala dos Retratos da Igreja da Lapa a partir da próxima sexta-feira, às 18h. No sábado, a missa de corpo presente será às 15h no mesmo local.

O funeral de Diogo Vasconcelos, fundador da Federação Académica do Porto, será realizado no sábado, no Cemitério de Agramonte, também no Porto.

Nascido no Porto, Diogo Vasconcelos foi mandatário digital da campanha eleitoral de Cavaco Silva nas últimas eleições presidenciais. Licenciado em direito pela Universidade Católica do Porto, foi eleito deputado à Assembleia da República pelo círculo do Porto e em 2002 fundou a UMIC- Agência para a Sociedade do Conhecimento que presidiu até 2005.

Foi também, durante três anos, chairman da APDC- Associação para o Desenvolvimento das Comunicações, tendo sido responsável pela pasta da sociedade de conhecimento e das novas tecnologias no governo sombra de Durão Barroso.

Teve, ainda, uma breve carreira como jornalista, tendo trabalhado no "Público" e fundado o grupo Fórum, nos anos 90, cuja principal publicação era a Fórum Estudante.

Diogo Vasconcelos - que foi distinguido pelo Presidente da República Jorge Sampaio com a Comenda da Ordem do Infante D.Henrique pelo trabalho desenvolvido em prol da Sociedade do Conhecimento e da promoção do empreendorismo - faleceu em Londres vítima de septicemia repentina, depois de ter sido hospitalizado no domingo devido a um enfarte.

Comentários 2 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
Ilustre desconhecido
Confesso a minha profunda ignorância. Não conhecia nem a pessoa nem a obra de Diogo Vasconcelos.
Li tudo (ou quase tudo) o que foi dito sobre este senhor e concordo com tudo.
Aliás, qq. pessoa que reflicta na realidade portuguesa, chegará às conclusões daquilo que DV preconizava para Portugal Ele próprio, filiado no PSD (do qual terá sido quadro dirigente), não se conseguiu libertar nem ultrapassar a gerontocracia que identificava como um dos maiores problemas de Portugal.
Em suma, foi mais um profeta que denunciou os males de que enferma o País, mas que, acabou também ele por ceder à tentação do sucesso individual, emigrando para o País (neste caso a Inglaterra) que abriu portas e acolheu a sua competência.
É uma pena que Portugal não saiba aproveitar a pouca massa cinzenta que por cá se forma e que tem de emigrar, precisamente por aqui neste cantinho, não haver lugar para quem se diferencie da mediocridade.
um grande senhor!
era um orgulho e um exemplo para os portuenses. Que descanse em paz!
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub