Siga-nos

Perfil

Expresso

Edição de 21 de Julho de 2018

“Abjeto, nojento e vergonhoso”: a revolta americana após Trump/Putin

Ler

Outras Edições

Sumário Caderno 1

Opinião

  1. 2

    As Escolhas do Editor

    Por Paulo Luís de Castro

Temas principais

  1. 3

    “Abjeto, nojento e vergonhoso”: a revolta americana após Trump/Putin

    Trump rebaixou-se perante um tirano, teve um comportamento cobarde e nojento, deve ter uma dívida tão grande com Putin que faz equivalência moral entre os EUA e um bandido assassino e os seus capangas: democratas e republicanos reagiram violentamente à conferência de imprensa que encerrou a cimeira com o presidente da Rússia em Helsínquia. Mas as críticas são justas? E que efeito podem ter nas eleições de novembro?

  2. 4

    Uma vida que adiou a morte

    Conheceu e viveu várias esquerdas por dentro, e fez força para o lado do que as une. Exerceu a militância cívica e política até ao último fôlego. Desafiou as limitações impostas pela doença e esteve sempre, até ao fim, na primeira linha do combate, pelas suas causas e convicções

  3. 5

    Tal pai tal filha

    A mulher Sonae é “uma rapariga normal”, que dedicou boa parte do seu tempo nos últimos anos a viajar pelo mundo em busca de startups para o grupo e quer “ser frontal” como o pai. Belmiro reconhecia-lhe o seu “killer instinct”

  4. 6

    “Nunca consegui nada sentado em casa ou debaixo de uma bananeira. Eu sou diferente”: o 1º dia de Ronaldo na Juve"

    O primeiro dia de Ronaldo na Juve foi... previsível. Até na autoconfiança do craque

  5. 7

    Como o país não melhorou em dois aspetos fundamentais para os trabalhadores: salários e vínculos estáveis

    Desde o auge da crise, no primeiro trimestre de 2013, Portugal reduziu o desemprego em mais de 8%. Mas que tipo de empregos criou? Com que vínculos contratuais e com que salários trabalham os portugueses? O mundo da precariedade explicado em dois minutos e 59 segundos

  6. 8

    “Tinha de caminhar 90 minutos com as garrafas às costas, quando chegava o mergulho já estava de rastos”: entrevista a Ivan Karadzic, um dos heróis na Tailândia

    A missão não era fácil mas tornou-se ainda mais difícil devido às condições do terreno, “muito inclinado e escorregadio”, coberto de lama e água. Caminhar custava, mergulhar custava um pouco menos, era quase um “alívio”, como foi um alívio saber que a primeira criança tinha sido resgatada. Ivan Karadzic, mergulhador dinamarquês, conta ao Expresso como ajudou a resgatar as 12 crianças tailandesas e o treinador de futebol que ficaram presos na gruta de Tham Luan, no norte da Tailândia, e esta quarta-feira falaram pela primeira vez ao mundo, numa conferência de imprensa

  7. 9

    Alojamento local pode agravar a quota do condomínio em 30%

    Quotas agravadas em 30%, seguro multi-riscos para prevenir danos nas partes comuns, livros em várias línguas para os turistas, placas obrigatórias à porta. A lista das obrigações que o alojamento local enfrenta foi aprovada esta terça-feira e é longa

  8. 10

    Relatório admite risco de parte do país ficar sem gás

    Direção-Geral de Energia realizou um teste de stress e deixa o alerta. Situação é mais crítica a partir de 2024