Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Veja estes dez golos e pense como será difícil a eleição do prémio Puskas 2014

Prémio da FIFA para o melhor golo de 2014 vai ser atribuído a 12 de janeiro. Foram eleitos três finalistas de uma lista de 10. Reveja todos os lances e faça a sua escolha.

Paulo Luís de Castro (texto)

Pela primeira vez um golo marcado num jogo de futebol feminino vai à final do Prémio Puskas 2014, a distinção com que a FIFA distingue o melhor golo de cada ano futebolístico. Da lista inicial de dez lances foram selecionados três, dois do Mundial de futebol e um marcado por uma senhora jogadora.

A lista inicial integrava grandes e bonitos golos. Por isso, vamos mostrar-lhe todos, começando pelo trio candidato ao prémio, seguindo-se os sete que ficaram pelo caminho. E porque no Expresso somos cavalheiros, comecemos pelas senhoas!

STEPHANIE ROCHE

A avançada do Peamount United brilha depois de ludibriar uma adversária da equipa Wexford Youths, na República da Irlanda. Domina a bola com dois toques, usando ambos os pés, e culmina com um vólei, num remate em rotação iniciado de costas para a baliza.

 

JAMES RODRIGUEZ

O primeiro dos dois golos que o colombiano marcou ao Uruguai, nos oitavos de final do  Mundial do Brasil (2-0), foi votado como o melhor do torneio. O antigo jogador do FC Porto remata de fora da área, um tiro pleno de força e colocação, após uma receção com o peito. Um golaço do ponto de vista estético e futebolístico! 

 

VAN PERSIE

O golo de James levou a melhor sobre um outro de belo efeito, este apontado pelo holandês na goleada imposta à Espanha (5-1) no primeiro jogo de ambas as equipas no Mundial. A Holanda perdia por 1-0 e o ponta-de-lança correspondeu de forma inusitada a um longo cruzamento de Blind. Quando se esperava que tentasse dominar a bola à entrada da área, Persie voou de encontro ao esférico, num salto de peixe, fazendo a bola sobrevoar Casillas. Um dos melhores golos da história dos Mundiais e um óbvio candidato à escolha. Se o jornalista do Expresso pudesse votar era neste que colocaria a cruzinha.

Aqui lhe deixamos, agora, a lista dos sete golos afastados da escolha final, embora, em boa verdade, alguns não merecessem, como se pode ver: 

HISATO SATO

Outro vólei de belo efeito, mas este com a bola a fazer um longo looping. O melhor marcador do campeonato japonês em 2012, jogador do Sanfrecce Hiroshima, de costas para a baliza mas com toda a intenção, faz a bola sobrevoar a defesa e o guarda-redes da equipa adversária, o Kawasaki Frontale.

 

CAMILO SANVEZZO

Atual colega de equipa de Ronaldinho Gaúcho no Querétaro, do México, o brasileiro de 26 anos estava na corrida com um golo marcado ao serviço da anterior equipa, Vancouver Whitecaps, e já eleito o mais bonito da Major League, o campeonato de futebol dos Estados Unidos e Canadá. Um belo lance de futebol de ataque da equipa, com a bola a circular de um extremo ao outro do campo, culminado com um remate acrobático à meia volta.

 

TIM CAHILL

Ronaldo, o brasileiro, elegeu este golo do veterano avançado australiano, contra a Holanda, como o melhor da do Mundial no Brasil. Um remate fulminante, já na grande área, com o pé esquerdo.

 

PAJTIM KASAMI

Um belo lance concluído de forma brilhante e de ângulo muito apertado pelo jogador do Fulham, diante o Crystal Palace, em jogo do campeonato britânico. O avançado suíço, atualmente ao serviço do Olympiacos na Grécia, em corrida amortece a bola com o peito e já de ângulo fechado faz o esférico descrever um arco e passar sobre o guardião.

 

DIEGO COSTA

Ainda ao serviço do Atlético Madrid, o brasileiro naturalizado espanhol marcou com um pontapé de bicicleta que enganou os defesas do Getafe. Do ponto de vista técnico, o lance vale única e exclusivamente pela finalização belíssima.

 

ZLATAN IBRAHIMOVIC

Em defesa do título conquistado no ano passado, o craque do Paris Saint-Germain não poderia faltar com verdadeira outra obra de arte, assinada em jogo da liga francesa contra o Bastia. O lance parece inofensivo, mas é então que o sueco finaliza de modo nada ortodoxo, esticando a perna e rematando quase de costas para a baliza. Um golo muito parecido com o que deu recentemente a Cristiano Ronaldo o prémio de melhor golo do campeonato de 2013 em Espanha.

 

 

MARCO FABIAN

A fechar este top-10, outro golo que vale pela finalização. De fora da área, o avançado mexicano do Cruz Azul faz um chapéu de aba larga sobre o guardião adversário, fazendo a bola sobrevoar obliquamente a grande área e entrar junto ao poste mais distante.