Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Portugal estreia-se no Mundial de hóquei com vitória e agressões (vídeo)

Portugal estreou-se no Campeonato do Mundo de hóquei em patins com um triunfo por 6-2 frente a Angola, num jogo marcado por agressões entre jogadores.

A selecção portuguesa, que persegue na Argentina o seu 16.º título mundial,  lidera o Grupo C a par de Moçambique, que goleou os Estados Unidos por 10-1 antes de defrontar Portugal hoje, na segunda-feira. 

A equipa das "quinas" entrou da pior forma no encontro, já que em apenas dois minutos sofreu dois golos por André Centeno e Anacleto Silva. 

A perder "a frio" por 2-0, Portugal reagiu de imediato e reduziu a desvantagem por Diogo Rafael, aos 3 minutos, que bateu o guarda-redes angolano Tiago Sousa com um remate de fora da área. 

Portugal chamou a si o controlo do jogo e já depois de Caio ter rematado  ao ferro da baliza angolana, aos 9 minutos, Diogo Rafael voltou a marcar,  aos 10 minutos, e empatou a partida. 

A reviravolta no marcador foi concretizada por Valter Neves, aos 19 minutos, que colocou a seleção lusa pela primeira vez em vantagem, na sequência  de uma jogada rápida conduzida por Luís Viana.

"Batalha campal" ao intervalo 

O intervalo chegou com cenas lamentáveis de pancadaria entre os jogadores,  com Vítor Hugo a ser alvo de uma agressão de Humberto Mendes, após o que  se seguiu uma "batalha campal". 

No reatamento, o português Vítor Hugo, que tinha sido agredido com uma "stickada", e o angolano Humberto Mendes receberam ordem de expulsão, que  os deverá afastar dos próximos jogos. 

A segunda parte principiou praticamente com a seleção portuguesa a elevar  a vantagem para 4-2, aos 22 minutos, novamente por Diogo Rafael, que surge  já entre os melhores marcadores da prova.  

Com o guarda-redes Ricardo Silva em destaque, Portugal elevou ainda  a vantagem por Ricardo Barreiros, aos 29 e 38 minutos, fechando o encontro com um triunfo autoritário por 6-2. 

Jogo no Pavilhão Aldo Cantoni. Angola - Portugal, 2-6. 

Ao intervalo: 2-3. 

Marcadores: 1-0, André Centeno, 1 minuto. 2-0, Anacleto Silva, 2. 2-1, Diogo Rafael, 3. 2-2, Diogo Rafael, 10. 2-3, Valter Neves, 19. 2-4, Diogo Rafael, 22. 2-5, Ricardo Barreiros, 29. 2-6, Ricardo Barreiros, 38. 

Sob a arbitragem de Eurico Barbarisi (Itália) e Alvaro Meza (Chile), as equipas alinharam com os seguintes jogadores: 

- Angola: Tiago Sousa, André Centeno, Anacleto Silva, Humberto Mendes  e João Pinto. Jogaram ainda Nélson Mariano, Rui Miguel, Rui André, Márcio  Fernandes e Johe. 

- Portugal: Ricardo Silva, Diogo Rafael, Reinaldo Ventura, Ricardo Barreiros  e Caio. Jogaram ainda Valter Neves, Vítor Hugo, André Azevedo e Luís Viana.

Assistência: cerca de 3.000 espetadores. 

Veja os vídeos do jogo: