Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Desporto

Pereira Cristóvão suspeito de cinco crimes

  • 333

Ex-vice-presidente do Sporting foi interrogado durante oito horas no Tribunal de Instrução Criminal e está indiciado de cinco crimes: denúncia caluniosa, devassa da vida privada através da informática, burla qualificada, peculato e branqueamento de capitais.

Rui Gustavo e Bruno Roseiro (www.expresso.pt)

Paulo Pereira Cristóvão é suspeito de cinco crimes, entre os quais denúncia caluniosa - por ter preparado uma alegada armadilha ao árbitro assistente José Cardinal - e devassa da vida privada através da informática.

O vice-presidente do Sporting, que esteve hoje oito horas a ser interrogado no Tribunal de Instrução Criminal, saiu pouco depois das 21h30 do Campus da Justiça com três medidas de coação: proibição de exercer qualquer cargo no Sporting; proibição de entrar em qualquer instalação do clube; e proibição de contactos com qualquer elemento do conjunto de Alvalade.

Acrescente-se que, na terça-feira, Pereira Cristóvão já se tinha demitido da vice-presidência do Sporting (já sabendo que seria interrogado no TIC hoje); agora, fica também proibido de entrar em Alvalade, entre outras medidas de coação. 

O inquérito vai agora prosseguir, dirigido pelo Ministério Público na 9.ª secção do DIAP de Lisboa, especialista no combate ao crime económico.