Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Masters: Westwood e Poulter lideram na sombra de Tiger Woods

Os dois golfistas ingleses lideram o Master de Augusta, sob a ameaça do norte-americano Tiger Woods, vencedor de 14 títulos em torneios do Grande Slam.

Os ingleses Ian Poulter e Lee Westwood partilham a liderança do Masters, primeira prova do Grand Slam de golfe, após a segunda volta ao Augusta National, na Geórgia (EUA), mas sob real ameaça do norte-americano Tiger Woods. Poulter repetiu na sexta feira o desempenho da véspera, com nova volta em 68 pancadas, ou seja, quatro abaixo do PAR, e beneficiou do deslize de Westwood no 18. buraco, com um "drive" para as árvores que o conduziu a um "boogey" e a um cartão com 69 golpes, para um total de 136. No seu regresso ao golfe depois do escândalo sexual que o afastou da competição durante cinco meses, Woods voltou a impressionar pela regularidade, completando o percurso com 70 pancadas, duas abaixo do PAR, perfazendo um agregado de 138 que o deixou satisfeito. Três "birdies" contra apenas um "bogey" marcaram a jornada do californiano, que partilha a terceira posição com o sul-coreano KJ Choi e os seus compatriotas Ricky Barnes, Anthony Kim e Phil Mickelson, o único que, a par do líder do "ranking" Mundial, já vestiu o "casaco verde" de Augusta.

Tiger Woods soma 14 títulos

Vencedor de 14 títulos em torneios do Grande Slam, Tiger Woods, de 34 anos, avança para o fim de semana em excelente posição de atacar o seu quarto triunfo no Masters, exercendo pressão sobre Poulter e Westwood, ambos em busca do primeiro triunfo num "major". "Sabe bem estar de volta à luta. Disputei a vitória na maioria dos anos aqui. Este ano, estou lá. Temos mais 36 buracos e tenho a certeza de que não vai ser fácil", afirmou Tiger Woods. Poulter, que um dia disse que poderia ser o segundo melhor jogador do Mundo a seguir a Tiger Woods, vai entrar para a terceira ronda com duas pancadas de avanço sobre o norte-americano e qualificou o seu desempenho como um "bom começo". "Foi uma das melhores voltas que joguei nos últimos tempos", acrescentou. Na quinta feira, 16 jogadores completaram a primeira volta com menos de 70 pancadas, mas na sexta feira, com o aumentar das dificuldades, nomeadamente os "tees" mais recuados, apenas o inglês voltou a jogar ao mesmo nível. O buraco 8 foi um bom exemplo das dificuldades. Com o "tee" recuado, Tiger Woods necessitou de três pancadas só para se aproximar do "green" deste PAR-5 em que tinha feito "eagle" na primeira volta. Desta vez, ficou-se pelo PAR. Um dos que inverteu o caminho foi Fred Couples, que precisou de 75 pancadas para completar a segunda passagem e caiu para nono, um dia depois de, aos 50 anos e com 66 pancadas, se ter tornado o jogador mais velho a liderar este torneio após a primeira volta. *** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.