Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

José Mourinho doa "Bola de Ouro" para leilão da Fundação Bobby Robson

José Mourinho doou o troféu "Bola de Ouro" da FIFA, que ganhou como melhor treinador do ano, para um leilão de beneficência em memória de Bobby Robson

O treinador do Real Madrid, José Mourinho, doou o troféu "Bola de Ouro" que ganhou em 2010 como melhor técnico do ano para um leilão de beneficência em memória daquele que considera ter sido seu mentor, Bobby Robson. 

O técnico português presta assim homenagem ao antigo treinador inglês já falecido, que dirigiu entre outras equipas o Sporting e o FC Porto, além da seleção inglesa, doando um troféu que venceu na sequência da conquista da Liga dos Campeões Europeus ao serviço do Inter de Milão. 

O leilão realizar-se-á na Internet durante o mês de outubro e numa gala em Saint Edmunds, Sufolk, (este de Inglaterra), e o dinheiro angariado irá ser canalizado para a Fundação Bobby Robson e para uma instituição que apoia os avanços na medicina contra o cancro da mama. 

Além da Bola de Ouro de Mourinho, vão a leilão um livre-trânsito para os treinos da seleção inglesa, entradas para os jogos do Manchester United, graças a um gesto de cortesia do treinador Alex Ferguson, e uma autobiografia assinada por Pelé. 

"Toda a família está impressionada com o generoso gesto de José Mourinho"

"Toda a família está impressionada com o generoso gesto de José Mourinho, a quem estamos muito agradecidos. O meu pai iria sentir-se muito orgulhoso pela forma como os diferentes clubes e treinadores de todo o mundo se uniram para contribuir com prémios tão fantásticos", disse Mark, filho de Bobby Robson. 

José Mourinho trabalhou durante anos às ordens de Bobby Robson, de quem foi treinador adjunto no Sporting, no FC Porto e no FC Barcelona. 

Robson foi selecionador inglês entre 1982 e 1990, faleceu a 31 de julho de 2009, aos 76 anos, em consequência de um cancro, detetado quando treinava o FC Porto, contra o qual lutou durante vários anos.  

Clique aqui para recordar a fotogaleria "Mourinho é mesmo o melhor do mundo", publicada em janeiro deste ano.