Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

João Garcia atinge cume Annapurna e faz história (vídeo)

É o primeiro alpinista português e o nono do mundo a completar os 14 picos mais altos do mundo, acima dos 8000 metros, sem ajuda de oxigénio artificial. (Vídeo SIC no fim do texto)

O alpinista português João Garcia, de 43 anos, atingiu hoje o cume do monte nepalês Annapurna, a última das 14 montanhas do mundo acima dos 8000 metros que se propôs escalar.

Segundo o sistema "spot adventures", um geolocalizador com ligação satélite que João Garcia transporta consigo e que pode ser acompanhado, em tempo real, pela Internet, o alpinista português atingiu o cume do Annapurna a 8091 metros de altitude às 13h30, hora local no Nepal, mais 04h45 em relação a Lisboa.

Ao conseguir hoje este feito, João Garcia é o primeiro alpinista português e o nono do mundo a completar os catorze picos do planeta acima dos 8000 metros, sem ajuda de oxigénio artificial. O alpinista português iniciou de imediato a descida que terá de completar antes do anoitecer na região.

Percurso iniciado em 1993

João Garcia iniciou em 1993 o desafio de atingir os 14 cumes mais altos do mundo que foi conquistando a partir do monte Cho Oyu, na fronteira entre o Tibete e o Nepal, onde subiu aos 8201 metros a 24 de setembro daquele ano.

No ano seguinte, a 24 de setembro, Joao Garcia subiu ao monte Dhaulagiri, na região do Nepal, a 8167 metros.

Depois de um interregno de cinco anos, João Garcia volta em 1999 às grandes montanhas para escalar o Evereste a 18 de maio, escalada que acabaria por lhe deixar várias marcas e o obrigaria a vários meses de recuperação e onde perdeu o seu companheiro de escalada, o belga Pascal Debrower.

Expedição fatal para Bruno Carvalho

Em 2001 João Garcia escalou, entre a China e o Paquistão, o monte Gasherbrum, fazendo o percurso II a 8035 metros ao qual voltaria em 2004 para escalar o monte um a 8068 metros.

Em maio 2005, entre o Nepal e o Tibete, o alpinista português sobiu aos 8516 metros no monte Lhotse para em maio de 2006 subir a 8586 metros entre a Índia e o Nepal no monte Kangchenjunga.

No mesmo ano, em outubro, João Garcia regressa às alturas para escalar no Tibete o monte Sisha Pangma a 8013 metros, aventura onde perdeu mais um amigo, o português Bruno Carvalho que não sobreviveu a uma queda.

Famoso K2 escalado em 2007

O famoso K2 entre a China e o Paquistão e a 8611 metros de altura foi escalado em julho de 2007 e o Makalu, entre o Nepal e o Tibete e 8463 metros, é conquistado em maio de 2008, dois meses antes de subir ao Broad Peak, a 8047 metros, entre o Paquistão e a China que fez em julho.

Em 2009, o alpinista português conquistou mais duas etapas do seu objetivo: em abril sobe aos 8163 metros no monte nepalês de Maslu e em julho, no Paquistão, ao monte Nanga Parbat.

Hoje concluiu um sonho, subir as 14 montanhas mais altas do mundo.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.