Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Federer candidato a €71 mil no Estoril Open

No regresso de Roger Federer a Portugal, a organização do Estoril Open irá distribuir quase €400 mil em prémios.

Isabel Paulo (www.expresso.pt)

Roger Federer, Nikolay Davydenko, Ivan Ljubicic e Albert Montanes, o último vencedor do Estoril Open, são as cabeças-de-cartaz da 21.ª edição do mais mediático torneio de ténis português e os candidatos naturais "prize-money" de €71.700 destinado ao vencedor.

Numa prova que conta com prémios totais no valor de mais de €390.250, o finalista-vencido do torneio receberá mais de 37 mil euros, enquanto os tenistas que chegarem à meias-finais irão bater-se por um "prize-money" de €20 mil.

A organização do torneio espera uma assistência superior à registada no ano de estreia do nº 1 do mundo no Complexo do Jamor (53.888 pessoas).

Li Na é a estrela do torneio feminino

Em pares masculinos, a vitória vale €22.750 e em femininos €8 mil. No torneio feminino, que concorre na mesma semana com o Open de Roma, a estrela da prova é a Li Na (11ª do ranking ATP), a primeira chinesa a figurar no "top ten" mundial. O prémio da vencedora será de €27 mil e €14 mil para a finalista-vencida.

No Estoril Open 2010, que volta a ter por palco o Complexo do Jamor, de 1 a 9 de Maio, a organização decidiu alargar o court central para 7.147 lugares sentados, repartidos entre bancada (5.874) e camarotes (1.273).

Entre as muitas curiosidades do evento, elencadas no habitual Estoril Open de de A a Z, a arbitragem abre, como não podia deixar de ser, o abecedário, com a advertência de que no Jamor estarão alguns dos mais cotados árbitros-de-cadeira do mundo.

A fechar a lista, a sempre difícil consoante Z vai para Zeinal Bava, o presidente-executivo da Portugal Telecom, famoso pretendente à compra da TVI e furioso adepto de ténis que não se coibe de viajar para os grandes torneios da modalidade fora de portas, em especial para o sempre magestático torneio de Wimbledon.