Siga-nos

Perfil

Expresso

Desporto

Costinha é o novo director desportivo do Sporting

Ex-futebolista Costinha é o novo director desportivo do Sporting. O internacional português, de 35 anos, chega a Alvalade depois de rescindir, terça-feira, o contrato que o ligava como jogador à equipa italiana da Atalanta. (em actualização)

Mariana Cabral (www.expresso.pt)

Francisco da Costa, mais conhecido no mundo do futebol como Costinha, é o novo director desportivo do Sporting. A contratação foi anunciada pelo clube há Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) há poucos minutos. "A Sporting SAD vem informar que, a partir da presente data, Francisco Costa 'Costinha' passará a exercer as funções de Director de Futebol Profissional", lê-se no comunicado.

Costinha era, até à passada terça-feira, jogador do Atalanta, clube italiano da Série A. O português tinha contrato até Junho de 2010, mas há muito que não integrava o plantel italiano, mantendo-se como jogador apenas no papel. Costinha só foi utilizado, aliás, numa única partida oficial desde 2007, quando actuou 54 minutos no Atalanta-Parma (2 de Setembro de 2007).

Costinha passa a desempenhar as funções de Sá Pinto, que esteve apenas dois meses no cargo. Na base da saída de Sá Pinto, em Janeiro, esteve uma troca de agressões com o avançado luso-brasileiro Liedson. Entretanto, o cargo foi ocupado interinamente por Miguel Salema Garção. 

"Ministro" sportinguista

Antes de chegar ao Mónaco em 1997, onde se notabilizou, Costinha passou por Oriental, Machico e Nacional. Depois esteve quatro anos no F.C. Porto, onde foi campeão europeu, e vestiu também as camisolas do Dínamo Moscovo, do Atlético de Madrid e da Atalanta.

Foi internacional português em 53 jogos e marcou dois golos. A sua alcunha, "Ministro", vem desde os tempos do Mónaco, quando ia para os treinos, todos os dias, vestindo fatos requintados. A alcunha foi-lhe atribuída pelo francês Thierry Henry, que era seu colega. Apesar de em Portugal ter vestido a camisola do FC Porto com grande sucesso, Costinha sempre se assumiu como sportinguista.