Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Desporto

Benfica-FC Porto em hóquei acaba em violência

  • 333

Confrontos no final do jogo

José Sena Goulão/Lusa

Agressão de jogador do FC Porto a um adepto do Benfica acabou em confrontos.

O "clássico" entre Benfica e FC Porto, da 13ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, terminou hoje em confrontos entre a polícia e vários adeptos benfiquistas que se encontravam no pavilhão da Luz.  

 

Após o final da partida, que os "dragões" venceram por 6-4 e que lhes permitiu ascender à liderança do nacional, por troca com as "águias", os jogadores do FC Porto começaram a abandonar o recinto, dirigindo-se para o túnel do pavilhão sob apupos e insultos dos adeptos da casa.  

 

No momento em que entrou para a "manga" de segurança, o guarda-redes portista Edo Bosch atingiu com o "stick" um adepto benfiquista que se encontrava próximo do túnel, em reação às provocações de que os atletas portistas estavam a ser alvo.  

 

Em resposta à reação do guardião, os adeptos benfiquistas que se encontravam naquela zona tentaram ripostar, o que obrigou à pronta ação de vários elementos da polícia de intervenção, dando início aos confrontos, com várias crianças a terem de ser retiradas das bancadas.  

 

De resto, apesar dos cumprimentos entre jogadores das duas equipas no final, a partida entre "águias" e "dragões" desenrolou-se sempre sob um clima de grande animosidade, inclusivamente com alguns isqueiros a serem arremessados para dentro do terreno de jogo.

Benfica desagrado com atuação policial

O Benfica repudiou entretanto, em comunicado, a atitude das autoridades, que diz ter demonstrado "passividade" quando Edo Bosch agrediu um adepto 'encarnado' e só atuou depois "bancada dentro numa carga policial inexplicável, onde nem crianças nem mulheres foram poupadas".

"É lamentável que as autoridades policiais insistam numa dualidade de critério e de atitude difícil de compreender, atacando os adeptos do Clube no Pavilhão da Luz e fechando os olhos a tantos exemplos de má conduta portista no Dragão Caixa, tendência repetida ano após ano", pode ler-se também no comunicado em questão.