Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Aquele cujo nome não deve ser pronunciado assustou Alvalade

Moreirense foi a Alvalade vencer com um golo de Ramón Cardozo

Getty

O outro Cardozo - Ramón, não Óscar -, esteve quase a dar a vitória ao Moreirense em Alvalade, mas Montero empatou já nos descontos.

Há traumas que não se esquecem. No Porto, ninguém quer ouvir falar de César Brito. Na Luz, não se pode pronunciar o nome Kelvin. E, em Alvalade, o nome que não deve ser pronunciado, como o do vilão dos livros Harry Potter, é Cardozo.

Até hoje, era apenas Óscar Cardozo, carrasco do Sporting com 13 golos em 19 jogos pelo Benfica, mas o trauma quase se estendeu ao compatriota do paraguaio, Ramón Cardozo, que por pouco não deu a vitória ao Moreirense esta noite. Montero, com um golo aos 90+2 minutos, disfarçou uma exibição pálida do Sporting, que continua assim em 5.º lugar, com 24 pontos, menos quatro do que o FC Porto e menos sete do que o líder Benfica, rivais que jogam hoje no Porto.

Depois da derrota em Londres, no adeus à Liga dos Campeões, Marco Silva voltou a apostar na versão mais ofensiva do Sporting, com Montero e Slimani na frente de ataque, deixando o meio-campo entregue a William e Adrien, com Carrillo e Mané nas alas.

Apesar de a fórmula ter corrido bem no Bessa, na jornada anterior, raramente funcionou em Alvalade, até porque o adversário, bem organizado pelo técnico Miguel Leal, revelou solidez defensiva q.b. e muito atrevimento ofensivo, começando logo no primeiro minuto, quando Rui Patrício defendeu um remate de Arsénio.

1.º lugar cada vez mais longe 

O Sporting teve criou várias situações de perigo, mas nem Slimani nem Carrillo (que falta faz Nani) conseguiram concretizar, ao contrário de Cardozo, que aproveitou a lentidão da linha defensiva dos leões a subir no terreno para aparecer sozinho na área e marcar de cabeça, antes do intervalo.

Na segunda parte, Marco Silva lançou João Mário e Capel e juntou o pouco utilizado Tanaka (cuja principal intervenção no jogo foi levar um bilhete do treinador para Capel) a Montero e Slimani, mas o Sporting continuou a mostrar-se ineficaz.

Já com o Moreirense enfiado no próprio meio-campo, nos descontos, Montero empatou e apaziguou o trauma com os 'Cardozos'. O problema é que, mesmo assim, o Sporting voltou a perder pontos em casa e o título já parece demasiado longe.